Itu Em Destaque!

 Destaques

Defesa Civil de Salto segue com monitoramento em locais atingidos pelas chuvas

Defesa Civil de Salto segue com monitoramento em locais atingidos pelas chuvas
fevereiro 18
15:02 2019




A Defesa Civil de Salto continua trabalhando nesta segunda-feira (18) fazendo as vistorias necessárias nos locais atingidos pela forte chuva deste final de semana, bem como o monitoramento do nível do Rio Tietê e do Rio Jundiaí. O coordenador da Defesa Civil, Orlando Neri, informou que o nível do rio Tietê está com vazão de 400 m³ por segundo, em comparação aos 750 m³ registrados no último domingo.

Em uma ação conjunta, a Secretaria da Defesa Social, do Meio Ambiente e de Obras, a limpeza na área da Ilha dos Amores, na Avenida Castro Alves, Complexo da Cachoeira, já está sendo realizada.

A Secretaria do Meio Ambiente foi acionada para fazer a limpeza total dos pontos restantes. O Parque de Lavras foi vistoriado e aguarda recuo das águas para que a equipe realize a retirada do material, oriundo da grande São Paulo. 

Os parques municipais estão fechados nessa segunda-feira (18). O funcionamento é de terça a domingo, das 8h30 às 16h30. Devido à força das águas, parte do muro de contenção da Ilha dos Amores foi danificado. Por isso, o acesso à Ilha continua interditado. A Rua 24 de Outubro e Campo da Avenida também continuam com o acesso restrito.

Durante todo o dia serão realizadas avaliações nos prédios para levantar os possíveis danos. Segundo o Orlando, “a situação já está controlada e é necessário que os munícipes respeitem as orientações de segurança. Quando perceberem nível alto é necessário contatar órgãos de Defesa. A recomendação é evitar pontos de alagamento em situações emergenciais e procurar abrigo durante os temporais. A Guarda Civil Municipal e o Corpo de Bombeiros também podem ser acionados nestes casos”, destacou.

Quem ainda não recebe os avisos, pode cadastrar-se enviando um SMS para o número 40199, contendo o CEP da residência na mensagem do texto.

Em caso de ocorrências, os munícipes devem entrar em contato com a Defesa Civil através do 199 ou 153 (GCM).




Mais Notícias

0 Comentários

Sem comentários

Deixe aqui seu comentário

Comente aqui

Escreva seu comentário