Itu Em Destaque!

 Destaques

Ligações clandestinas na rede de esgoto atingem 43% dos 615 imóveis ituanos fiscalizados desde novembro de 2018

Ligações clandestinas na rede de esgoto atingem 43% dos 615 imóveis ituanos fiscalizados desde novembro de 2018
janeiro 15
09:13 2019




A Prefeitura de Itu e a CIS – Companhia Ituana de Saneamento iniciaram na segunda quinzena de novembro de 2018 um trabalho de fiscalização de ligações de esgoto nos imóveis de Itu. A medida tem como objetivo regularizar tubulações de água de chuva ligadas de forma clandestina nas redes de esgoto e vice-versa. Desta forma, espera-se reduzir vazamentos de esgoto na cidade e poluição de mananciais. 

Das 632 residências visitadas em dois meses, os fiscais puderam adentrar em 615. Deste número, 43% possuem ligações clandestinas na rede de esgoto. Ou seja, 265 imóveis não estão em conformidade com o Decreto Estadual 5.916/75, artigo 13, que diz ser expressamente proibida à introdução direta ou indireta de águas pluviais nos ramais de esgotos sanitários. 

“Durante o período de chuvas, registramos mais problemas de entupimento e vazamento de esgoto. Somente em dezembro de 2018, tivemos acréscimo de 23% de ocorrências deste tipo na comparação com a média dos últimos cinco meses anteriores. Por isso o serviço de fiscalização é tão necessário para redução de danos e o munícipe precisa cumprir o que está na lei”, pontua o superintendente da CIS, Vincent Menu.

Neste primeiro momento, segundo Menu, os fiscais da prefeitura orientam a população sobre a importância de fazer ligações independentes: uma para o esgoto e outra apenas para a água da chuva com destino para as guias das calçadas. No entanto, os proprietários dos imóveis irregulares são informados de que estão cometendo uma infração grave e que devem fazer os ajustes necessários para evitar multas. “O trabalho de fiscalização foi iniciado nos bairros Portal do Éden, City Castelo e Village Castelo. Ele é contínuo e deverá percorrer toda a cidade”.

Mais ações – Também com o objetivo de preservar a rede de esgoto da cidade, a CIS fechou em outubro do ano passado parceria com a COMAREI – Cooperativa de Materiais Recicláveis de Itu. A ação tem divulgado mais amplamente as atividades de coleta de óleo e itens recicláveis. De acordo com José Soares da Silva, diretor financeiro da COMAREI, a coleta destes materiais já aumentou 20%  desde o início da campanha – especialmente a coleta de óleo de cozinha. 

“Estamos satisfeitos com os números atingidos nesta parceria, que continua em 2019”, afirma Menu. “O descarte incorreto do óleo em pias ou banheiro forma uma espécie de manteiga nas redes de esgoto – causando danos graves no sistema. Mesmo que você utilize uma pequena quantidade de óleo de cozinha, é importante armazená-lo em garrafas PET e doar as garrafas para a COMAREI”, finaliza o superintendente da CIS.




Mais Notícias

0 Comentários

Sem comentários

Deixe aqui seu comentário

Comente aqui

Escreva seu comentário