Itu Em Destaque!

 Destaques
Prefeitura de Itu e CIS iniciam trabalho de fiscalização de ligações de esgoto nos imóveis de Itu na segunda quinzena de novembro
novembro 10
14:24 2018

Prefeitura de Itu e CIS iniciam trabalho de fiscalização de ligações de esgoto nos imóveis de Itu na segunda quinzena de novembro




Da Redação Itu Em Destaque

Com a chegada do período de chuvas, alguns pontos de Itu registram mais problemas de entupimento e vazamento de esgoto. Para redução de danos, a Prefeitura de Itu e a CIS – Companhia Ituana de Saneamento iniciam na segunda quinzena de novembro a conscientização de moradores e a fiscalização de ligações de esgoto nos imóveis da cidade. O objetivo da ação é eliminar tubulações de água de chuva ligadas clandestinamente nas redes de esgoto do município.

“Água de chuva não é esgoto. No entanto, alguns imóveis de Itu fazem o despejo de esgoto na rede de água pluvial, que pode causar poluição de mananciais. Ou o caminho inverso: despejam água pluvial na rede de esgoto.  A prática causa danos graves às tubulações de esgoto da cidade, que não resistem ao aumento de vazão com as chuvas. Como consequência, os casos de estouro nas redes, vazamentos e obstruções aumentam neste período”, explica o superintendente da CIS, Vincent Menu que ainda destaca o Decreto Estadual 5.916/75, artigo 13, que diz ser expressamente proibida à introdução direta ou indireta de águas pluviais nos ramais de esgotos sanitários.

“Estamos atentos a esta situação. Por isso, firmamos parceria com o departamento de fiscalização da Prefeitura para visitação de imóveis. Os fiscais vão identificar eventuais irregularidades e orientar a população sobre a importância de fazer ligações independentes: uma para o esgoto e outra apenas para a água da chuva com destino para as guias das calçadas”, pontua Menu. 

De acordo com o superintendente da CIS, a fiscalização começará no Portal do Éden, City Castelo e Village Castelo – bairros que registraram aumento de quase 80% em problemas na rede de esgoto desde a segunda quinzena de agosto. “Os locais que não estiverem em acordo com a legislação terão o prazo de 30 dias para adequação, podendo ser ampliado mediante solicitação do munícipe e análise do setor de engenharia da CIS. Salientando que os proprietários de imóveis irregulares estão cometendo uma infração grave e estão passíveis de multa”, conclui.

Óleo e lixo no  esgoto – Outra medida já adotada pela CIS para preservar a rede de esgoto da cidade foi estabelecer uma parceria com a COMAREI – Cooperativa de Materiais Recicláveis de Itu para divulgar mais amplamente as suas atividades de coleta de óleo e itens recicláveis. Desde a primeira quinzena de outubro foi intensificada a divulgação de informações e a conscientização da população. Com isso, a autarquia municipal esperam reduzir entupimentos na rede coletora de esgoto causados no sistema pelo descarte inadequado de óleo de cozinha e objetos diversos. 






ANGLO_ITU_685x100-AGOSTO-2017 Prefeitura de Itu e CIS iniciam trabalho de fiscalização de ligações de esgoto nos imóveis de Itu na segunda quinzena de novembro

0 Comentários

Sem comentários

Deixe aqui seu comentário

Comente aqui

Escreva seu comentário

Previsão do tempo

Itu Em Destaque no Twitter

web
analytics